19 de nov de 2010

(...)


Minha ansiedade se tornou um fenômeno da natureza, está em erupção, pronta pra explodir a qualquer momento, é tão grande que as palavras que eu digo não são as que eu grito, dentro de mim. Não tenho feito outra coisa a não ser roer as unhas, pensar, imaginar, sonhar com a gente junto.

teamo(L)

30 de out de 2010

Sensações da Chuva


Eu gosto dessa sensação, é como se sumisse um pouco a monotonia e o cansaço dos meus dias desequilibrados e confusos, sinto uma companhia de paz. Eu gosto de estar aqui, respirando vida, refrescando e buscando minhas memórias que se perdem com os dias tensos, desvairados e ferventes.
Ativa meus devaneios enterrados me faz viver o mundo que eu invento, sem mesmo ter visto ou vivido. Me transporto pra onde eu sinto paz, onde eu quero estar.

Chuva, volte sempre que puder.

20 de out de 2010

Sonhando


Ontem eu deitei e fechei os olhos sem nenhuma pretenção
Mas pensei na gente junto e me deu inspiração
Eu te deitava no meu colo, eu pegava na sua mão
Eu beijava a sua boca, me rendia, e ficava com ação
Meu corpo tremia, parecia pular o coração
Olhava nos seus olhos e falava tudo o que eu sentia
Tudo o que eu sonhava era tudo o que eu queria
Abri os olhos e deveria estar triste por apenas estar sonhando
Mas fiquei feliz porque tenho você, só está tão...
longe e TÃO perto ao mesmo tempo.

Não sei como eu te explico o que eu sinto, porque me faltam palavras pra sair de um labirinto.
Que se fecha toda vez que eu tenho traduzir e explicar o que eu sinto por você.

Eusóprecisodosseuscincosentidosdepertojuntocomosmeus.
•tato•audição•visão•olfato•paladar.

11 de out de 2010

Só Rezo


Quando não tenho mais pra aonde ir
E no meu céu não tem mais estrelas
Aonde foi parar a coragem?
Tô cansada, mas não desisto

Mas posso ver uma luz lá no fim
Será que alguém ainda olha por mim?
Não me julgue por não ser igual
Carrego a verdade aqui no olhar
No olhar !

Eu só rezo pra ficar bem
Eu sei que vai
Acredito que vai ficar tudo bem

Só quero ser o que eu sou
Só quero não ter que mentir

"Eu só queria uma chance pra falar,
quebrar o silêncio,
verdades que você nunca quis escutar."
"Me sinto só, mas sei que não estou"

[♫] ~ (♪)

28 de set de 2010

Nostalgia

Hoje acordei mais tarde que o normal dos meus dias, o sol trazia pela casa um vento quente entrando pelas janelas, os cachorros parecem sempre estar cansados, mesmo deitados, a terra das plantas pareciam estar rachando, as folhas das arvores parecem como se estivesse em um jogo de VideoGame quando aperta pausa, um mormaço que chegava a arder os olhos, o dia ja começou tenso, tô cansada disso, dias normais, sempre a mesma coisa, mãe chegando com os mesmos assuntos de problemas, irmão achando que é o dono do mundo só dizendo coisas desnecessárias, um babaca, quando precisa de mim é um doce, meu stress aumentando ao tentar entender muitas coisas, como se tudo isso fosse novidade. Tomei um banho gelado pra refrescar a cabeça. A casa estava tão vazia, fiz meu tereré do jeito que eu gosto (uma coisa boa), como todos os dias. Liguei o computador, abri minha lista de músicas no media player me senti enjoada, são sempre as mesmas, cansei. Abri todas minhas pastas de contatos que fazia tempo que não abria, era de costume abrir só a pasta "Makes Me Happy", são todas separadinhas entre os mais especiais e menos especiais. Muitos que estão em menos especiais ja esteve um dia, em mais especiais. E hoje não permaneceram porque o tempo revela aos poucos o que cada um é, e o que cada um merece, eu não queria aquilo pra mim. Eu sei, não sou perfeita e nem nunca fui, tenho meus erros, muitos erros, posso não admiti-los sempre, ou talvez eu não os enxergue da maneira certa, mas, tenho escolhas. Eu me sinto exausta, cansada dessa monotonia, cansada de quase tudo, mesmo que eu sinta falta de muitas coisas, não da pra voltar no tempo, como um dia foi. Eu me lembrarei de muitos acontecimentos bons, tenho certeza, foram marcantes, mas jamais voltariam a acontecer.O tempo trás muitas coisas, e tira muito mais. Não sei se quero tudo de volta, mas quero tudo o que eu mereça. Mas agora eu só quero você e a minha paz.

24 de set de 2010

Eu...

Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas não tinha como ela aparecer e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!

"Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos".
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!
(Clarice Lispector)

13 de set de 2010

Loucura doce

É bem mais forte do que eu, meu coração bate forte e se desespera, quero muito esse momento. É uma sensação inexplicável e necessária. Fico inquieta e pensando mil coisas, vivo sonhando acordada, preciso de uma saida, mas que a saida seja aí. O medo e a ansiedade é o que me deixa mais desconfortável. Mas eu quero, eu preciso. Arriscar é a única maneira, mesmo que seja loucura, é uma loucura doce e nova que preciso fazer com urgência. Esperar muito esta me deixando sem ar. Sinto como se fosse uma saudade, saudade do que ainda não vivi ainda, como diz a Clarice 'a saudade é um dos sentimentos mais urgentes que existe'. Eu preciso sentir seu corpo em mim, escutar sua respiração, rir das suas gracinhas, te chamar dos apelidos mais fofos, conversar sobre tudo, te ver/fazer dormir, assistir filme contigo comendo pipoca, andar nas ruas cantando sem rumo, te lambusar de sorvete e rir, te deitar do meu colo e ficar te fazendo carinho, contar piadas sem graça, olhar nos seus olhos e dizer o quanto valeu a pena que te amo muito e não quero te dividir com ninguém.

2.000 km não vai ser uma barreira.

...por toda vontade que eu só encontro em ti...[♪♫]

3 de set de 2010

Meus medos

Outro dia me perguntaram 'do que você tem medo?' eu fiquei meio sem jeito, como se não tivesse entendido a pergunta e disse 'como assim? em que sentido?' respondeu - 'não sei, estou perguntando a toa'.
Depois parei pra pensar, refletindo, buscando, meus medos enterrados, escondidos. Eu tenho muitos medos. Tenho medo de me perder no escuro ficando sufocada visando apenas a cor preta, tenho medo de não conseguir realizar meus sonhos, tenho medo de viver o que ainda não entendo, tenho medo de dormir e não mais acordar. O maior deles é o medo da perda, dói como se fosse um martelo batendo sempre no mesmo lugar destruindo, quebrando, amassando, tirando o brilho e a cor. E tendo medo da perda, possui sem querer o medo do ganho, ganhar e depois perder, mais uma vez. Quanto aos outros medos, quero tranca-los pra não mais aparecer.

30 de ago de 2010

Doce ar da infância


É tudo tão mais simples, aceitável e compreendido.
Quase que tudo se torna risos e distração.
Quando pequenos achamos que temos tudo na mão.
Os amigos são sempre irmãos. Não enxergamos falsidade nos olhos.
Não entendemos absolutamente nada do mundo e achamos que esta tudo tão bom.
Um simples monte de areia com água pode virar um castelo ou quem sabe um avião.
Nada é visto com maldade, tudo tem perdão.
Eu quero ser criança de novo, quero sair dessa confusão.

26 de ago de 2010

Selo


Gostaria de dar um SELO aqui alguns blog's que admiro muito.
Que as palavras ditas por eles me inspiram, de verdade.
E me identifico muito com alguns, muitas vezes dizem o que eu penso, o que pensei, e o que preciso pensar. É muito bom compartilhar com vocês esses sentimentos. Essas palavras lindas que devoram, que incentiva, que da forças. O blog é como um amigo, que você pode desabafar. É bom estar aqui. Me sinto bem, e sei que vocês também sentem o mesmo.

E o selo vai pra alguns blog's que mais tenho acompanhado e que mais tem me acompanhado também. E os que mais me identifico.


http://forgotten-inthedark.blogspot.com
http://falandosobreissoeaquilo.blogspot.com
http://folhasdemeuoutono.blogspot.com
http://gfmorethanwords.blogspot.com
http://loseyourcoolinpublic.blogspot.com
http://la-ry.blogspot.com
http://karinemelo.blogspot.com
http://segredospraninguem.blogspot.com
http://zonzobulando.blogspot.com
http://mundodedaniiela.blogspot.com
http://soleluaa.blogspot.com
http://eacrisalves.blogspot.com
http://umlugaraosolpertodovento.blogspot.com
http://makesensee.blogspot.com/

Parabéns pelas palavras expressadas.
;*

Sabrina Pagliuca


Faz pouco mais de dois anos que você entrou na minha vida.
Confesso que não estava muito preparada com a sua chegada.
Mas derrepente meu pai me acorda dizendo que a bolsa estourou e você ja havia chegado
Levantei-me da cama rapidamente, assustada e ansiosa.
Me arrumei e nem fui pra escola, perdi uma prova nesse dia. Mas idai?!
Fui pro hospital, entrei no quarto, você ja estava la, tão pequena.
Segurei na sua mãozinha, acabei te acordando, sem querer.
Você abria os olhinhos lentamente, mas um tanto fechadinhos por causa da claridade da luz.
Pude ver tão claro esses olhinhos azuis.
Foi uma emoção tão grande, não teve como evitar de sair uma lágrima dos meus olhos.
Foi tão mágico, fez uma reviravolta nos meus pensamentos.
Agora estamos distantes, e eu quase morro aqui de saudade.
Sempre que chego e abro o portão, você vem correndo com os bracinhos abertos me acolhendo.
Me mostra todos os seus brinquedos e pede pra eu deitar em seu colo, me faz carinho e até canta pra dormir.
Se tornou um TUDO pra mim.
É tão bom quando pergunto se me ama, você diz. - "Te amo maninha". Com os olhinhos brilhando, e envergonhados, fica vermelhinha.
Esse sorrisinho que me deixa boba, sou uma irmã boba mesmo.
Você diz que sou sua, só sua, que não é pra eu ir embora.
Segura a minha mão, e me observa a cada momento, não me deixa ir.
A cada despedida rola lágrimas. Mas eu sempre volto.
...NÃO VOU DEIXAR VOCÊ...(8)

20 de ago de 2010

Atordoada



Hoje eu acordei e tinha algo atormentando meus pensamentos
Olhei pela janela e o céu estava cinza como todo o resto
Não que eu esteja deprimida ou desanimada, é apenas uma tristeza momentânea.
As horas carregam o dia e o tédio vai deixando tudo sem sabor
Sentada aqui no meu lugar no meio do mundo
Diante da tela fria do meu computador, novamente vem essas vontades em meus pensamentos.
Saudade e incerteza fazem parte do baile que se formou a minha volta no silencio.
Quem sabe alguma coisa te fez lembrar de mim
E você me encontre em algum lugar lá dentro da sua mente
A rotina logo te faz esquecer
E quando tudo passar e as coisas novamente retomarem seus lugares.
Quando o sol nascer e se por diversas e diversas vezes
Seus pés e suas costas doloridas vão se encarregar de me apagar de sua história.
Não podemos viver de sonhos cor de rosa.
O mundo cobra caro e temos que pagar a vista.
Estamos crescendo e tudo a nossa volta morre um dia por vez
E quando deitarmos em nossas camas a noite
Quando o silêncio voltar e tudo for novamente como sempre foi antes de tudo
Seremos novamente normais, ...e talvez um pouco tristes.
A vida segue e temos que seguir a fila, deixando, perdendo e crescendo.
Sei que vamos melhorar a cada dia e vencer essa rotina antes que ela nos mate.
Mais do que já matou. E o relógio esta girando.

18 de ago de 2010

Inexplicável


.~ olhares, sorrisos, abraços, amor, estrelas, música, sol.


. é inexplicável como um simples raio de sol batendo contra os olhos confundindo toda imensidão brilhante e lindo pode trazer diversas sensações
ou talvez o vento tocando o rosto com um ar cheio de vida deixando os cabelos embaraçados e leves que te faz viajar se fechar os olhos
quem sabe uma música que quando você escuta com o coração tudo fica mais claro, maximilizando a mente deixando tudo flutuar faz uma mistura nos sentimentos
Um abraço que pode quebrar toda a agunia e angustia, que conforta e trás paz pro interior
o amor que te deixa boba, que vai aumentando os degrais da vida, que da forças e tira ao mesmo tempo, nem mesmo as estrelas que vivem séculos no céu observando-nos e vivenciando cada momento sabe realmente explicar.
um sorriso que pode quebrar barreiras, tirar o mal.
o olhar que pode ser definido de diversas formas

Existem tantas explicações pra isso, que pode se tornar um tudo ou um nada.
Depende de como e quando você os deixa passar e enxergar.

15 de ago de 2010

Inside me


Era tão perfeito, aquele tempo
escutava Sk8er Boy e me dava energia
Losing Grip me fazia pensar, repletir
tomorrow me fazia chorar, e acalmar ao mesmo tempo
Naked me dava inspiração
Innocence eu cantava na rádio da escola, é tão intensa
amava cantar My Happy Ending com os amigos todos unidos
eu não me importava com a opinião de ninguém
meu quarto era cheio dos seus posters
fotos espalhadas e grudadas no guarda-roupa
caderno totalmente coberto com suas figuras e letras de músicas
o mp3 não saia do ouvido, vivia com meu mundinho fechado pra você
meu espelho tinha o seu nome
identificava com seus pensamentos
suas palavras transmitidas nas músicas eram como aconchego nos meus ouvidos
se encaixava com tantos momentos passados da minha vida
não tinha tempo pra me preocupar, você ocupava meu tempo
era rotina sair da escola e ir pra banca de revista ver seu rosto nas capas
Claro, você sempre estava/esta nas capas.
eram pastas e pastas no computador de fotos, clips, músicas
quando tinha decepçoes eu deitava na cama com a porta trancada
ligava a tv e deixava rodar dvd inteiro, me trazia a paz, novamente
mas tanta coisa aconteceu e se modificou...eu mudei, você mudou.
Continua dentro de mim, com a mesma intensidade.

Pra você, claro. Avril Ramona Lavigne. Eterna.

13 de ago de 2010

o que fazer?


'?'
quando você se cansa de tudo e de...quase todos?
quando acumula indecisões, incertezas, angustias e indelicadezas
quando nada mais faz sentido e você quer desistir
o...que fazer?
quando a respiração sai fraca e...acelerada ao mesmo tempo
quando você quer a paz e não vê e não sente
quando você procura e tudo se esconde
quando você sente falta de alguém e não se acolhe
quando seus olhos ardem de cansaço
quando você quer tudo e nada ao mesmo tempo
o que fazer?
quando a porcentagem de suportação está á zero
quando todas as forças se acabam e não tem onde buscar
quando você não suporta mais...e não quer aguentar
quando você anda anda e não vê onde chegar
quando todos seus planos se expiram e você não quer recomeçar

o que fazer?

9 de ago de 2010

Not Understand


. minha voz sai estremecida...e...em pausas
procuro buscar um ar de calma
mais uma vez estou sentindo o chão tremer
permanece tudo aqui, ainda
eu não sou assim, é que hoje eu estou cansada
eu reconheço essa sensação
dessa vez eu não pressentia, ou não procuro entender
se eu fingir e abrir um sorriso eu não serei eu mesma
não sei se quero descansar,por estar realmente cansada
..ou se quero descansar para desistir.
não me entendo e ajo como se entendesse
e mais uma vez minhas lagrimas saem sem eu permitir
o que me atormenta é que tudo é 'por enquanto', nada é ' sempre'“.

Eu não: quero é uma realidade inventada.

30 de jul de 2010

Buscando forças



. eu pressenti, tive uma intuição
mas eu não queria enxergar, eu deixava passar
aguentei o meu máximo até...quase...explodir
sai daquela confusão, queria buscar o ar
olhei pro céu respirei fundo
minhas lágrimas desciam sem eu permitir
me sentí sozinha...vazia...mais uma vez
pedi pra Deus mais forças e resistência
invoquei...e invoquei
tentava buscar em minha mente as pessoas que eu mais precisava alí
muitas que haviam se apagaram, eu não as enxergava
mas aquelas que me mantém firme, eu mantenho intacto em mim
eu encontrei as forças, e prometi pra mim mesma não me desesperar.

"Se o medo e a cobrança
Tiram minha esperança
Tento me lembrar de tudo que vivi
E o que tem por dentro, ninguém pode roubar

Descanso agora, pois os dias ruins todo mundo tem
Já jurei pra mim não desanimar
E não ter mais pressa pois sei que o mundo vai girar
O mundo vai girar
Eu espero a minha vez

O suor e o cansaço fazem parte dos meus passos
O que nunca esqueci é de onde vim
E o que tem por dentro ninguém pode roubar
"

24 de jul de 2010

Morada


. Faço de mim
Casa de sentimentos bons
Onde a má fé não faz morada
E a maldade não se cria

Me cerco de boas intencões
E amigos de nobres corações
que sopram e abrem portões
com chave que não se copia

Observo a mim mesmo em silêncio
Porque é nele onde mais e melhor se diz
Me ensino a ser mais tolerante, não julgar ninguém
E com isso ser mais feliz

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

Faço de mim
Parte do segredo do universo
Junto à todas as outras coisas as quais
Admiro e converso

Preencho meu peito com luz
Alimento o corpo e a alma
Percebo que no não-possuir
Se encontram a paz e a calma

E sigo por aí viajante
Habitante de um lar sem muros
O passado eu deixei nesse instante
E com ele meus planos futuros
Pra seguir

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

18 de jul de 2010

Lembrança


. Hoje o sol amanheceu lutando contra o vento frio
com ares diferentes, novas sensações
olhei pro céu e deixei fluir os pensamentos
eles surgiram dos reflexos, muito nítidos
lembrei de coisas boas e sorri
as nuvens meio apagadas trocava rapidamente as imagens
cada imagem era uma lembrança que surgia
me dei conta de que apesar de ter tantas figuras negras
as claras sempre foram as que me trouxeram mais emoções
e a partir de então, comecei a enxergar tudo com mais clareza
e lembrar que continua intacto tudo o que tem me feito sorrir
e quanto aos que tiveram chance e não aproveitaram
Bom, isso ja não importa mais
o Sol se pôs e o vento frio tomou conta da noite
não vejo estrelas. não vejo a Lua
Mas me lembrarei de todas lembranças que me trouxeram emoções

"E quando o sol invade os olhos. É só pra te lembrar. Que o bom da vida não tem preço e é hora de acordar" (Forfun)

6 de jul de 2010

transformação


. Os dias passam tão rápido que eu até me esqueço.
estações do ano, pra mim, são sempre as mesmas.
é tudo muito relativo, ah, tudo evolui
é como na natureza, nada se perde nada se cria tudo se transforma
Os sentimentos podem ser transformados tão rapidamente
não sei como aconteceu em mim, não sei
mas quando percebi, ja me sentia dependente.
Ah, como são um tanto responsáveis pelas dores interiores
eu não sei o que me mantém firme, eu não sei
Me assento e o mundo desaba.
As lágrimas não saem mais, mas a dor é mais forte
quando penso que tenho tudo em minhas mãos,
eu ás abro, e tudo se escorre.
Tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo
quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo,
não sei me entregar à desorientação.
tento arrumar alguma maneira de enganar a mim mesma
disfarçando as evidências
e eu juro que consigo, mas quando o tempo da pausa
volta tudo de novo, tudo caindo, como sempre.
não posso tapar o sol com as minhas mãos por muito tempo.
Renda-se, como eu me rendi.
Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei.
Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

Escuta: eu te deixo ser, deixa-me ser então.

25 de jun de 2010

16 de março


Me arrumei, peguei minha mochila
cheguei ao portão, um beijo de partida
um abraço que não era de uma despedida
fui sem saber com um sorriso inocente
Volto pra casa procuro e não encontro
não há telefomas, foi um desencontro
coração aperta, lagrimas começam a escorrer
eu não sabia o que fazer
Me senti sozinha, eu não tinha mais ninguém
me escondia, sumia por horas naquelas manilhas
e quando alguém ligava eu pensava que era você
e quando chegava cartas eu pensava que eram suas
Atendia o telefone me desesperava, implorava pra ter sua volta
você dizia: 'o dia esta quase chegando'
com uma voz um tanto sufocada
esperei, esperei, e... espereii
dias, meses, anos
Houve um dia em que eu não sabia ao certo de mais nada
eu entrei em pânico, eu entreguei os pontos
olhava aquelas fotos jogadas em minhas roupas
ja não sentia mais o seu perfume
aprendi muita coisa, por esperar muita coisa
O coração que era frágil se cercou
por falsas promessas
não sei ao certo o que se tornou
talvez como uma pétala de rosa, talvez como uma pedra

Mas é como um vidro
se cair quebra
mas se pisar... corta :x

18 de jun de 2010

equilíbrio


. e eu pensei que saberia lidar com qualquer situação.

Ultimamente ando querendo ser dona da razão.
querendo me colocar sempre a frente de qualquer obstáculo. pensando que:
. FORTE EU SEMPRE FUI. - (mas não sou o suficiente).
Costumo dizer que a minha maior dificuldade está em “racionalizar meus sentimentos”. Não consigo. Não sei o caminho.

Alimento meus sentimentos com palavras, gestos, olhares e principalmente atitudes.
reparo sempre nas pequenas coisas, isso torna a minha vida GRANDE.

- mas é que passei a maior parte da minha vida agindo pela emoção, e NADA se tornou solução. Então eu me pergunto: 'estou fazendo certo?'
Todo ser humano tem direitos de errar, mas por muitas pessoas ter cometido diversos erros, pensei que ser rigosa era a maneira correta de lidar com isso.

pessoas perdi, os dias passaram e tudo foi ficando pra trás. eu não corro atrás.

Cobro das pessoas, atitudes baseada em sentimentos que são meus. Acredito que as decepções são exatamente proporcionais às minhas expectativas. Claro que me frustro, fico desiludida, sofro, choro… e o tempo se encarrega de fazer tudo passar.

Afinal, tudo passa!

mas o amor SEMPRE fica!

.casa-se, equilibra-se a razão com a emoção, talvez sera a solução.

16 de jun de 2010

.disfarçando



. de vez enquando bate um desânimo em tudo.
reelembrar certos tempos nunca é uma tarefa tão fácil
é como se tivesse um vulcão que quando se sente ameaçado entra em erupção
sem ter limites na explosão
A perseguição em executar todas os meus ressentimentos de um modo perfeito não passa de uma estratégia para ocultar a desordem da minha própria natureza.
Mostrar-me solidária para encobrir meu egoísmo e orgulho
compreensiva para encobrir minhas coléras reprimidas,
segura para disfaçar os meus medos
ter força o suficiente para perdoar, ou, quem sabe esquecer oq me fez chorar


e perceber que feliz é o que eu era
... mas só descobri isso muito tempo depoiss...

mas agora..eu só disfarço de branco o que é negro.

5 de jun de 2010

Preciso de Whisky


Preciso de mais whisky
nem que seja pra relaxar
nem que seja pra embebedar meus pensamentos desvairados

Preciso de mais whisky
nem que seja pra viajar
nem que seja para fujir em meus sonhos e descobrir onde está minha mente

nem que seja pra fazer minhas vontades se tornar reais
nem que seja pra tentar encontrar em que parte deixei o meu 'eu'
nem que seja pra descobrir a partir de quando me tornei tão, mais, severa ou rigorosa

pra descobrir onde estão meus medos, realmente, essa desconfiança, infinita
pra não querer correr novos riscos, ter medo de se afogar novamente
pra quebrar as correntes que eu mesma me prendi

Preciso de mais whisky
pra me encontrar, pra te encontrar
pra tentar, ou, talvez perdoar os imperdoáveis
pra perceber, aceitar, novas idéias

pra chegar mais perto
pra olhar em seus olhos

A partir de então não mais precisarei de whisky
Só precisarei de você.

31 de mai de 2010

Pretérito Imperfeito

.Outro lado, nós.
Fechar os olhos e dormir não foi solução.
As memórias, as quais sempre deixo trancadas na gaveta
Depois de tentar entendê-las, dessa vez,
Encontraram uma maneira de escapar
E encontrar talvez alguma outra parte semelhante,
A qual não me pertence.
Ora, quem diria,
Dessa vez chegamos bem mais perto,
"Ele disse que..."
Confusos, porém saudosos,
E aquelas coisas só nossas
Ainda estavam ali, aguardando por uma oportunidade
Antes nunca dada,
Novas mãos e consolos que nasceram, e elas
Sempre ali, como nós, esperando.
A sempre presente saudade
E o que tinha tudo para ser
Presente.

10 de mai de 2010

.loucura?


.a partir de que e de quando uma loucura é considerada loucura?
sera que vai do ponto de vista de cada um?
cada pessoa tem o seu limite pra considerar algo loucura?
eu considero muitas coisas que fiz, muita loucura.
mas...ver o dia amanhecer é loucura?
correr por horas e horas sem parar só por vontade...
sentir a chuva te tocar,
deitar na grama, se jogar, rolar..
sentir vontade de voar, chorar, gritar, é loucura?
querer sumir, e querer se aproximar ao mesmo tempo...
subir montanhas, correr, querer mais velocidade.. é loucura?
mergulhar até ao maximo só pra ver até onde pode aguentar..
chorar de amor, sentir ódio, querer brigar, se emocionar, esconder sentimentos,
sonhar com algo sabendo que realmente nunca vai se realizar, é loucura?
dizer sem pensar, dizer palavras sem querer falar, ajudar mesmo que o que você diz pode te prejudicar pode te descontrolar e te fazer chorar escondida?!
tirar forças dos sentimentos estragados, forças de algo mal feito, de tudo que deu errado, forças do que jamais voltara, do que te pisou em cima... é loucura?
se mostrar forte e preparada pra tudo, mesmo sabendo que és frágil e se quebra com facilidade.. mas quer se manter firme...e esperar o que a vida trás de peito aberto.
chorar por 3 anos esperando por alguem que era sua base, tentando se manter firme, querendo se virar sozinha logo cedo, escondendo coisas e palavras que deveriam ser ditas mas não foram por orgulho...É LOUCURA?
mas afinal, o que é loucura? :x

7 de mai de 2010

isso é um título?

Oi,

aah, meu dia foi boom hoje ._. (não trabalhei) hahaha'
acoordei ceedo \o fuui no espaço, conversei bastante com as meninas de la
me convidaram pra uma festa Shake do espaço. Dai eu pensei: 'sera que em uma festa Shake a gente só toma Shake? O.O' mas não é assim, ufaa *-*.
Fui no correio as 8 horas levar a carta da Lary *-* mas só abria as 9 horas T.T' , a mulher tava abrindo pra limpar ainda, não quis me atender, velha chata G.G.
dai decidi ir pra casa do Duh \o mesmo sabendo que ele estaria dormindo, mais ah, eu acordei ele *-* fiz ele assistir um filme cmg de suspense, é verdade, filme de suspense de manha é legal tb *-*
ele deitou no meu colo e dormiu, na metade do filme ¬¬' mas a tia (mãe dele) e o tio (pai dele) assistiram cmg *o* dai fui no correio de novo e fui atendida \o/ voltei pra casa do Duh comi esfirra que a tia fez :P conversamos mto sobre negocios, me pediram opniões, mas enfim. Foi legal *-* e as horas passou rapido o/ voltei pra casa e agora to aqui digitando, grande coisa né G.G

Ah, hoje não tem poemas, nem nada ;D hsuahsuahsas-q quem sabe mais tarde.

Boa tarde!

6 de mai de 2010

cof cof cof

.nem sei por onde começar G.G

vou tentar pelo fiiim..

mas noossa, meu sonho foi terrivel mesmo, sorte que o telefone tocou e eu acordei tda assusta vendo se tava saindo sangue da minha boca mesmo >.<' foi tenso.

po eu tava tocando violão de boa e conversando com uns amigos, um deles ollhou pra mim e disse: 'paree de tocar, o que ta acontecendo? vem cá vem cá senta aqui' e eu nem tava sentindo nada, nem tava entendendo o que ele tava dizendo oO' começou a sair sangue do nada da minha boca. E foi saindo cada vez mais, eu coloquei minha mão e vi tudo aquilo, dai que fui me tocar, eu cai no chão, veio todo mundo pra cima de mim assustados e o telefone tocou aqui em casa e acordei \o/...mas enfim, cada sonho que ando tendo ;~

Hoje o dia na minha cidade ta quente, que novidade né? T.T aah, esses dias eu tava lembrando que na oitava serie eu fiz um poeminha, meio obscuro..sabe aqueles momentos de rebeldia? eu tinha decorado ele, vamos ver se lembro. minhas amigas odiaram shuahsuahs mas tinham decorado tbm, eu escrevi ele inteirinho no meu guarda-roupa la da casa do meu pai, meu pai dizia que eu tinha problema o.O
vou tentaar lembrar...

Nada se torna diferente como minha alma fogo ardente
meu coração dispara, sinto na pele sua alma
suas musicas me dão arrepios, seus misterios calafrios
a vida dark é a esperança, vejo isso nos olhos de uma criança
na terra a destruição, no céu a salvação mas onde estara seu coração?
anjos voltaram a chorar, pessoas em plantos a berrar
na terra a dor de um coração, voltando a pulsar sem destruição
suas musicas eram de felicidades, por não haver desigualdade

e eu esqueci o resto ¬¬ /tenso


Boa tarde!