30 de jul de 2010

Buscando forças



. eu pressenti, tive uma intuição
mas eu não queria enxergar, eu deixava passar
aguentei o meu máximo até...quase...explodir
sai daquela confusão, queria buscar o ar
olhei pro céu respirei fundo
minhas lágrimas desciam sem eu permitir
me sentí sozinha...vazia...mais uma vez
pedi pra Deus mais forças e resistência
invoquei...e invoquei
tentava buscar em minha mente as pessoas que eu mais precisava alí
muitas que haviam se apagaram, eu não as enxergava
mas aquelas que me mantém firme, eu mantenho intacto em mim
eu encontrei as forças, e prometi pra mim mesma não me desesperar.

"Se o medo e a cobrança
Tiram minha esperança
Tento me lembrar de tudo que vivi
E o que tem por dentro, ninguém pode roubar

Descanso agora, pois os dias ruins todo mundo tem
Já jurei pra mim não desanimar
E não ter mais pressa pois sei que o mundo vai girar
O mundo vai girar
Eu espero a minha vez

O suor e o cansaço fazem parte dos meus passos
O que nunca esqueci é de onde vim
E o que tem por dentro ninguém pode roubar
"

24 de jul de 2010

Morada


. Faço de mim
Casa de sentimentos bons
Onde a má fé não faz morada
E a maldade não se cria

Me cerco de boas intencões
E amigos de nobres corações
que sopram e abrem portões
com chave que não se copia

Observo a mim mesmo em silêncio
Porque é nele onde mais e melhor se diz
Me ensino a ser mais tolerante, não julgar ninguém
E com isso ser mais feliz

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

Faço de mim
Parte do segredo do universo
Junto à todas as outras coisas as quais
Admiro e converso

Preencho meu peito com luz
Alimento o corpo e a alma
Percebo que no não-possuir
Se encontram a paz e a calma

E sigo por aí viajante
Habitante de um lar sem muros
O passado eu deixei nesse instante
E com ele meus planos futuros
Pra seguir

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

18 de jul de 2010

Lembrança


. Hoje o sol amanheceu lutando contra o vento frio
com ares diferentes, novas sensações
olhei pro céu e deixei fluir os pensamentos
eles surgiram dos reflexos, muito nítidos
lembrei de coisas boas e sorri
as nuvens meio apagadas trocava rapidamente as imagens
cada imagem era uma lembrança que surgia
me dei conta de que apesar de ter tantas figuras negras
as claras sempre foram as que me trouxeram mais emoções
e a partir de então, comecei a enxergar tudo com mais clareza
e lembrar que continua intacto tudo o que tem me feito sorrir
e quanto aos que tiveram chance e não aproveitaram
Bom, isso ja não importa mais
o Sol se pôs e o vento frio tomou conta da noite
não vejo estrelas. não vejo a Lua
Mas me lembrarei de todas lembranças que me trouxeram emoções

"E quando o sol invade os olhos. É só pra te lembrar. Que o bom da vida não tem preço e é hora de acordar" (Forfun)

6 de jul de 2010

transformação


. Os dias passam tão rápido que eu até me esqueço.
estações do ano, pra mim, são sempre as mesmas.
é tudo muito relativo, ah, tudo evolui
é como na natureza, nada se perde nada se cria tudo se transforma
Os sentimentos podem ser transformados tão rapidamente
não sei como aconteceu em mim, não sei
mas quando percebi, ja me sentia dependente.
Ah, como são um tanto responsáveis pelas dores interiores
eu não sei o que me mantém firme, eu não sei
Me assento e o mundo desaba.
As lágrimas não saem mais, mas a dor é mais forte
quando penso que tenho tudo em minhas mãos,
eu ás abro, e tudo se escorre.
Tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo
quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo,
não sei me entregar à desorientação.
tento arrumar alguma maneira de enganar a mim mesma
disfarçando as evidências
e eu juro que consigo, mas quando o tempo da pausa
volta tudo de novo, tudo caindo, como sempre.
não posso tapar o sol com as minhas mãos por muito tempo.
Renda-se, como eu me rendi.
Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei.
Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

Escuta: eu te deixo ser, deixa-me ser então.