19 de nov de 2010

(...)


Minha ansiedade se tornou um fenômeno da natureza, está em erupção, pronta pra explodir a qualquer momento, é tão grande que as palavras que eu digo não são as que eu grito, dentro de mim. Não tenho feito outra coisa a não ser roer as unhas, pensar, imaginar, sonhar com a gente junto.

teamo(L)